terça-feira, 23 de setembro de 2008

106ª Parte – GOVERNO OCULTO DO MUNDO (20) – Proposta de uma Nova Ordem Mundial de “Iluminados”... (III)

AVISO IMPORTANTE ao Amigo Leitor!

Para você entender perfeitamente o conteúdo e intenção deste blog, não leia matérias isoladas! Use 10 minutos do seu precioso tempo, diariamente, e inicie sua leitura pela mensagem “Aviso Importante aos Novos Leitores” (14/06/08) e depois vá para a “1ª Parte” aqui postada, seguindo continuamente os capítulos, pois eles possuem um encadeamento entre si que o levará a entender perfeitamente o processo da Terra, bem como toda a nossa existência sobre ela. Minha intenção não é a de criar “medos” em hipótese alguma, mas sim puramente a de mostrar “verdades escondidas”, porém com muito “Amor” pelo meu próximo!

Paz! Hipátia III


Continuando a matéria do capítulo anterior, de Francisco Ortiz...


"E então compreendereis que sois Uno com Deus e que não mais pertenceis à multidão, e ainda pertenceis. E sendo, sabereis que não mais podeis ser brandos convosco mesmos, que tendes enfim uma finalidade e por ela vivereis intensamente. E sendo, sentireis fortaleza, inteligência e orgulho, e estes não vos cegarão, pois amareis e a todo o universo pertencereis e todo o universo vos pertencerá.

Somos africanos, asiáticos, europeus, americanos, australianos, somos da Oceania e alguns de nós já vivem na Antártica e no espaço exterior. Temos seis continentes e milhares de ilhas.

Somos seres de todas as raças e cores. Nossa mais remota origem se perde em 40.000 a. C. e no universo. Somos humanos limitados por nossa mente, pelo espaço e pelo tempo, humanos ignorantes dos segredos do universo, humanos em luta entre duas forças antagônicas. De um lado, nosso interno e desconhecido impulso para a perfeição e do outro, nossa originária brutalidade natural. Somos, ao mesmo tempo, bestas brutais e deuses amorosos. Eis nossa opção.

Com palavras, idéias e pensamentos, expressamos tantas verdades quanto nossa mente tem capacidade em perceber partes de uma única realidade universal. Entretanto, continuamente tendemos a ignorar que a mais fácil realidade cognoscível é a contínua transformação da própria realidade.

Quando compreendemos que a evolução não é privilégio da vida biológica, nem de certos fenômenos comuns da natureza, penetramos no interior da molécula onde nos perdemos num campo que continuamente se expande. Iniciamos uma era, onde o descobrimento dos outros mundos descerra perspectivas extasiantes. Aceitamos como verdade que energia e matéria são manifestações de uma mesma essência.

Dominamos a energia atômica e a energia quântica que nos materializa, penetramos no campo da energia cósmica e da criação dos universos, vamos criar seres vivos, dilatar nossa própria vida e conquistar a “vida eterna”. No entanto a violência, a doença e a fome prevalecem no mundo!

Bilhões de anos foram necessários para criar o homem atual. Que profundas e pouco conhecidas transformações se processaram nesta matéria vivificada! Todavia, nunca como no presente o confronto das forças construtivas e destrutivas deste planeta tiveram tão ativadas suas energias.

Atingimos nitidamente uma fase de transformação radical, a cada dia que passa a mutação psíquica nas novas gerações cria mais e maiores conflitos. A antiga espécie humana já entrou no mais crítico estágio de declínio, o crepúsculo das civilizações materialistas da violência, da guerra e da morte é inevitável.

Toda a força criadora do Homem Novo, do Homem Divino, do Filho Consciente de Deus, está concentrada numa única tarefa: a batalha final pelo nascimento de uma Nova Era. Desta luta, aparentemente invisível, depende a transformação da terra num mundo mais feliz. Combatem, de um lado e em maior número, os homens primitivos, fanáticos e cruéis, cujos espíritos estão sujeitos ao desterro planetário; e do outro, os homens transcendentes, possuidores de espíritos que herdarão a Terra e outros mundos numa Era Superior.

São usadas, como armas principais, os dogmas religiosos, o imperialismo econômico, a segregação racial, o totalitarismo, o terrorismo e a violência guerreira.

Esta luta se manifesta através de inúmeros distúrbios sociais, políticos e religiosos, através de guerras, atentados, terrorismo e revoluções. A cada dia que passa, mais perceptível se torna a onda de energia sutil que atinge e dissolve a cultura materialista, esta cultura mutilada onde ainda são suplantados o amor, o heroísmo, o progresso e a sabedoria pela satisfação mais ou menos sofisticada das necessidades mais primárias.

Esta onda de energia que também se manifesta em vozes íntimas, vozes que falam coisas que há muito sabemos. Vozes que sussurram, em nosso íntimo, verdades que um dia haveremos de viver.

Mentem as palavras que nos transmitem medo! Medo da vida, isso sim é que temos! Medo de ser tal qual somos, de sentir, de realizar, de lutar e, se necessário, morrer por um momento de Vida. Quantas vidas pela metade! Quantas existências em frangalhos!

Somos pedaços de estrelas que, quando unidas, podem criar um Deus. Nascemos da mais primitiva matéria, filhos da Terra e netos do Sol. O que esperamos para despertar?

Porque insistimos em ignorar que os “deuses” da antiguidade foram nossos parteiros, e que nós também se espera que vivifiquemos outros mundos?

Sofrendo, ignoramos a realidade que, em altos brados, nos pede que procuremos em nossa integridade, em nossa expansão e em nosso céu, Vida!

Vida, amor, poder, sabedoria, beleza e justiça são os conceitos em que repousa nossa mais elevada expressão de um Ser superior. Procuremos esse Ser em nós próprios, e a estrela que brilha em nossas almas guiará nossa mente para a compreensão de um Deus que, sendo o limite do conhecimento humano de uma época determinada, hoje pode ser compreendido como a única fonte e a própria energia elementar, vivificadora, universal, evolutiva, manifestada de inúmeras formas, entre as quais a energia materializada é tão somente uma das suas revelações.

Não compreendendo a si mesmos e o mundo, os seres humanos, ao correr de dezenas de milhares de anos, têm procurado respostas para algumas questões fundamentais: Quem somos? De onde viemos? Que estamos fazendo aqui? Há vida após a morte? Para onde vamos?

Muitos profetas, filósofos e cientistas com o estilo, os conhecimentos e as limitações culturais da época em que viveram, tentaram dar respostas a estas questões conforme seu condicionamento, visão e intuição.

Todavia, salvo alguns mestres super-humanos, que vivem e viveram na Terra como pessoas comuns; excluindo-se ainda alguns poucos com acesso aos Mensageiros, aos Mestres Universais e aos Criadores da vida e das Civilizações; a humanidade não conhece sua verdadeira natureza, origem e possibilidades futuras.

Os seres humanos, mesmo com leve, difusa ou clara intuição, desconhecem fenômenos e fatos de importância transcendental. Poucos enxergam além dos limites do ambiente onde vivem.

Por isso, aceitam como verdades, relatos e informes pseudo-históricos, pesquisas e conhecimentos pseudocientíficos, dogmas e livros pseudo-sagrados e as simples ou elaboradas opiniões de pessoas que se autodenominam “representantes de Deus” e que são pessoas condicionadas por valores primitivos, em alguns casos pessoas confusas por não saber usar adequadamente certos poderes transcendentais emergentes, ou apenas pessoas "espertas" e oportunistas que desejando poder, fama e riqueza, usam "religiões" e "seitas" para realizar seus desejos egoístas.

Interpretações ideológicas e religiosas sujeitas a erro como quaisquer outras, se carimbadas pelas autoridades políticas, econômicas, ideológicas e religiosas com o "certificado de verdade", e comunicadas por processos eficazes de manipulação emocional, servem para que milhões de pessoas com feridas e carências emocionais, sem o suficiente autoconhecimento e conhecimentos dos processos emocionais, racionais e científicos possam adotar comportamentos dogmáticos, intransigentes e fanáticos. Estes dogmas, rituais, mentiras e falsos valores, passam a preencher seu vazio interior, suas necessidades de consolo e suas frustrações. Para muitas pessoas este preenchimento é vital, pois significa ter identidade, algo com o que manter a esperança e o próprio papel na vida.

Os mitos, reforçados na televisão, nas igrejas, no cinema, nos partidos políticos, nos comícios e nos estádios esportivos, são como drogas, afastam os seres humanos da própria natureza divina, criando dependência e escravidão às falsas lideranças, às muitas ambições e às muitas bandeiras das civilizações da violência, da guerra e da morte.

Este tipo de manipulação vil serve de base para todas as organizações que fazem, condicionam, usam e abusam de "crentes", "irmãos", "fieis", "nacionalistas", "correligionários", "comandados", 'torcedores", enfim daqueles imensos rebanhos de seguidores que incluem a quase totalidade da humanidade e que, quando controlados por líderes ávidos, arrogantes e fanáticos, agitam o mundo.

Esses lideres que detêm o poder de manipular as pessoas para preencher sua vaidade e seus desejos egocêntricos, ainda não entenderam que "os homens e as mulheres que não conseguem viver sem o apoio de um determinado credo, são escravos de uma época". São escravos das próprias idéias com que escravizam os outros, e esquecem também, que "para conhecer a liberdade, mesmo que não a possam viver plenamente, os seres humanos devem renovar-se diariamente.”

Líderes políticos e religiosos insanos e cruéis são capazes de levar os povos a combater-se criando sofrimentos e ressentimentos seculares. Nada mais triste do que constatar que o destino dos povos possa ser colocado nas mãos de um ou de alguns poucos homens e mulheres tão sujeitos às fraquezas e aos erros humanos como quaisquer outros.

Em política "democrática" os processos para eleger os "representantes do povo" são tão imperfeitos, tão sujeitos à influência do poder econômico e da manipulação emocional, que é impossível escolher por esses processos os melhores homens e mulheres para os governos.

A “maioria dos eleitores” é quase sempre eleita pela “maioria dos menos preparados para votar “conscientemente”, a maioria dos menos educados e informados, a maioria que mais facilmente pode ser manipulada através dos meios de comunicação.

Através de um processo de mera sugestão, sempre fugindo às reflexões racionais, lógicas e de bom-senso, os estelionatários políticos insistem que não há democracia sem sufrágio universal, que todos devem ser obrigados a votar, inclusive os analfabetos, os adolescentes, os loucos, os delinqüentes, etc... Quanto maior o acervo de inconsciência da massa votante, melhor para os medíocres e para os demagogos.

Nas pseudemocracias, o estelionato político é precisamente caracterizado pela absoluta inconsciência da massa, em relação ao abismo em que se atira. Aí se computam as expressões meramente quantitativas, como convém aos sociopatas.

O sufrágio universal tem sido a tentativa de suicídio coletivo com que os seres humanos e os sub-homens, embalados nas tramas dos sociopatas que dominam o circo político, oficializam seus mandatos sob o rótulo inadequado de "democracia"!

Por isso, tudo confirma que raramente os eleitos devem possuir a lucidez, a eficácia, a honestidade e a sabedoria imprescindíveis para os cargos. Os sistemas de escolha dos governantes precisam ser completamente reformulados.

As democracias atuais são muito imperfeitas, não são nem de longe governos voltados para o bem e o progresso da maioria. São melhores do que as ditaduras e as tiranias; mas estão muito longe de representar os mais elevados ideais da humanidade.

São máscaras e disfarces que escondem a influência do Deus Dinheiro, verdadeiro imperador do mundo".

“ESTAMOS CONSTRUINDO A NOVA TERRA DENTRO DA VELHA”.

“ESTAMOS CONSTRUINDO O NOVO HOMEM DENTRO DO VELHO”.

"Os Lábios da Sabedoria permanecem fechados, exceto para o ouvido capaz de compreender."

Francisco Ortiz e Carrillo

Ergom Abraham

Inti-Rá

www.wwifoundation.com

Portal na Internet: www.wwifoundation.com

E-mail: wwinstitute@wwifoundation.com

Fonte:
Colapso Global, Missão Brasil e Governo Mundial (apostila pdf).



Amigos!


A parte dessa matéria aqui postada hoje, diz tudo sobre o processo que por ora vivemos, referente às eleições municipais! Exatamente o que acima está dito, é realmente o que acontece, desde grandes até pequenas cidades - como é esta, por exemplo, em que resido. Aqui, grande parte da população não tem o mínimo de consciência sobre a importância de seu voto! Trocam-no por 1 kg de carne, 1 bujão de gás, 1 viagem para a cidade mais próxima, etc. A carência e ignorância do povo, por sua vez, é altamente explorada por seres densos, manipuladores em potencial, cujo intuito é o domínio e o poder, mas jamais o bem de seu próximo! Estou tendo a oportunidade de ver isso bem mais de perto do que vocês podem imaginar... Uma realidade triste, muito triste... A compra não só da liberdade, mas também da dignidade de seres humanos...

Só que, e disto não tenho a menor dúvida, esta cidade em que moro é especial para o futuro do planeta! Pois trata-se do “Chakra Cardíaco do Planeta” – o “coração” da nossa Terra! Um local previsto com uma missão especial para os anos vindouros...

Só para vocês terem uma idéia, há algum tempo atrás, um amigo mostrou-me um livro do Ministério do Meio Ambiente do Brasil, que estimava, num determinado capítulo, cerca de um milhão de pessoas migrando para esta região, em tempos de grandes tribulações planetárias... Como vêem, não somos só nós – esotéricos, místicos, e até religiosos – que estão preocupados com tais questões! Neste livro fala-se, inclusive, em “bases de preservação” para as quais a ONU já possui verba a ser destinada, mediante projetos de adequação aos locais pertinentes. E esta cidade está inclusa, citada como uma dessas “bases”!

Por outro lado, não podemos nos esquecer de que o próximo pleito municipal (executivo e legislativo), dar-se-á justamente entre os anos de 2009 e 2012!!! Isto lhes diz alguma coisa, não é, caros amigos? Tenho certeza de que sim!

Eis o verdadeiro motivo pelo qual deixei de postar, temporariamente, as matérias do blog diariamente... Aqui temos dois candidatos à Prefeito e apenas um terá reais condições e características necessárias de governar frente a tais situações inusitadas! Outrossim, também meu marido está disputando uma vaga na Câmara de Vereadores. E apesar de eu detestar política, tive de encarar os fatos e, como diz o ditado – “Deus diz faz que te ajudarei” – estou trabalhando incansavelmente em prol de meu marido e de um dos candidatos, ambos (tenho plena certeza disso), com missões específicas e importantes a serem cumpridas aqui, nestes quatro próximos e preocupantes anos...

Mas, a luta da campanha está acirrada, um verdadeiro “armagedom”! Acho que não é preciso dizer mais nada, não é? A dedução é lógica!

Dedução do já esperado, frente à situação que se define não só nesta pequena cidade em que moro, mas em todo o planeta! Esta é uma das “guerras” que, embora nos pareça física, faz-se presente a nível astral de forma proeminente, não tenham dúvidas disso!

Por isso, amigos leitores, pensem muito bem ao digitarem seus votos nas urnas do dia 05 de outubro, sejam quais forem as cidades em que residem! Pois tudo é Planeta Terra!

Bem, posto a seriedade de toda essa questão, venho à presença de vocês mais uma vez me desculpar e pedir a devida compreensão, já que, frente ao exposto acima, vejo-me sem tempo de dedicar-me ao blog como sempre fiz, motivo pelo qual suspenderei as próximas postagens até as eleições. Entretanto, nestes dias que se seguem, continuarei em “serviço”...

Conto com a compreensão de todos... Sendo que a próxima postagem se dará no dia 06/10/2008. Até lá, pessoal... E que Deus nos proteja hoje e sempre, elegendo os melhores, os mais responsáveis, os mais sinceros e fiéis, os mais corajosos, os mais atirados e criativos, já que são qualidades que vamos precisar em nossos governantes daqui para frente!

Obs: Caso haja algum assunto emergencial, postarei antes da data pré-determinada.


PAZ EM TODOS OS QUADRANTES!

Alto Paraíso, 24 de Setembro de 2008

Hipátia III

4 comentários:

Joao Vinicius disse...

bemm... primeiramente eu nao creio nessas professias, pois está na biblia Mateus, 24:36; "Porém daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas unicamente meu Pai". Decididamente, isso que está sendo feito nos blogs, de maioria adventista, é um alarme falso, infelizmente, porém isso não vêm de Deus. Devemos sempre estar vigiando, isso é importante, porém esses alarmes falsos podem acarretar em sérios problemas, tais como suicidios, homicidios e tais como. Gostaria muito que esse post fosse colocado no blog para a concientização e acima de tudo, um respeito a opinião de outrem. Já que você expressa seu pensamento.

CONCIÊNCIA ÍGNEA - HANNYARI. disse...

Olá, Hipátia, gostaria de lhe dizer que tenho muita admiração pelo teu trabalho neste blog. Sempre venho visitá-lo para saber das novidades. Eu e meu marido temos um projeto específico direcionado também para Alto Paraíso. Estive aí em outubro de 2006, e pretendemos retornar definitivamente, em breve. Gostaria de te enviar um documento de nossa futura ONG e nossos projetos. Vc tem um e-mail que possa me passar? O meu e-mail é hannyaridemicael@hotmail.com.
Antecipadamente, sou-lhe muito grata pela tua atenção.
Sempre Estelar!

HIPÁTIA III disse...

Olá, João Vinicius!
Evidente que eu iria colocar seu comentário aqui, não havia nem necessidade de solicitar... Só não aprovo quando colocam aberrações, e o que você postou não é uma aberração e sim o seu ponto de vista, aliás bastante consciente.
Veja bem, também sou contra datas, mas 2012 é uma data estimada, baseada nas Profecias Maias (que você não acredita e eu respeito), mas realmente nada é comprovado. Entretanto, existem muitas referências significativas quanto a esta data, até em documentos da própria ONU - por que será? Outros como a Carta de São Paulo,etc., o que parece provar que esta data não é só mencionada por místicos e religiosos. Então, nossa intenção é abrir os olhos das pessoas para possíveis acontecimentos, bem como prepará-las a nível espiritual, pois é somente isso que realmente vale, nascemos para isso neste grande teatro da vida (nesta "passagem"), e não para meramente representarmos papéis ilusórios!
Quanto a estas notícias poderem provocar homicídios e suicídios, pode estar certo, meu amigo, que estas coisas vão acontecer e muito, por puro despreparo das pessoas, nos momentos de grande tribulações da Terra. Pois, já que você citou a bíblia, é ela quem mais fala de tais acontecimentos, dando-nos "sinais dos tempos" (que parecem indicar que tudo está muito próximo), embora não nos dê datas precisas. Sendo assim, é um dever cristão alertarmos para tais situações! Este é o meu ponto de vista. Mas, como disse, respeito o seu! Muita Paz!
Hipátia

HIPÁTIA III disse...

Olá, Hannyari!
Bom saber que você é assídua leitora do nosso blog! Mais ainda, fico feliz em saber que você e seu marido possuem projetos para esta cidade especial, o que muito me interessa saber!Já anotei seu e-mail e vou lhe enviar o meu diretamente!
Muita Paz!
Hipátia