domingo, 3 de maio de 2009

138ª Parte – NOSSAS ORIGENS HISTÓRIA E REALIDADE... (8) – Embasamento teórico sobre a descida dos “deuses” advindos de Nibiru... (VI)

AVISO IMPORTANTE ao Amigo Leitor!

Para você entender perfeitamente o conteúdo e intenção deste blog, não leia matérias isoladas! Use 10 minutos do seu precioso tempo, diariamente, e inicie sua leitura pela mensagem “Aviso Importante aos Novos Leitores” (14/06/08) e depois vá para a “1ª Parte” aqui postada, seguindo continuamente os capítulos, pois eles possuem um encadeamento entre si que o levará a entender perfeitamente o processo da Terra, bem como toda a nossa existência sobre ela. Minha intenção não é a de criar “medos” em hipótese alguma, mas sim puramente a de mostrar “verdades escondidas”, porém com muito “Amor” pelo meu próximo!

Paz! Hipátia III


CONTINUANDO DA MATÉRIA ANTERIOR...


SÍNTESES CONCLUSIVAS


Da mesma forma que os “Illuminatis” (para mim, em sua maioria almas reptilianas), assim, também, acontece com os dirigentes das grandes “Religiões”, que se aproveitam da “Fé dos Povos” para adquirir, pelo “medo”, fortunas imensas através de “dízimos”, “doações”, “acordos políticos”, “impostos”, e tudo o mais que já é de conhecimento de muitos!


Percebam que os grandes templos católicos, mulçumanos, budistas, etc., são, em sua maioria, recobertos do mais puro ouro e pedras preciosas! Cidades inteiras destinadas ao centro dirigente de religiões (ex: Vaticano, Cidade Proibida da China, e outras), são de uma riqueza inconcebível, frente a tanta pobreza espalhada pelo mundo!


Mas, atentem para um detalhe:- da mesma forma que os “deuses” se digladiavam no passado, o mesmo acontece no presente, ou seja, nesta atual civilização, isto porque ou são da mesma “raça ancestral”, porém com posicionamentos opostos, ou pertencem à “raças diferenciadas” em termos de suas “origens”, mas com os mesmos instintos de “conquistadores” e “dominadores” galácticos e intergalácticos! Todos eles, porém, destituídos (pelo menos até agora) do sentido divino da evolução espiritual do “ser”, sendo exatamente isso que faz a diferença, isto é, que distingue os “Seres da Luz” dos “Seres das Trevas”!


E, embora todos esses grupos dominadores usem, cada qual, de “religiões específicas”, isto nada mais é do que uma forma de “identificação” de “raças dimensionais e interdimensionais”, com suas características próprias, numa “invenção” imensa de motivos dispostos em seus livros sagrados, como uma verdadeira camuflagem de seus interesses dominatórios!


Em meio a esses livros, colocam, igualmente camuflados, a história de seus povos, mesclados com certas verdades proferidas por seres espiritualizados (ex: aquele que conhecemos pelo nome de Jesus), e que tentaram conectar a humanidade com o “verdadeiro Deus”! E numa verdadeira miscelânea de idéias, confundem os adeptos quanto às suas crenças, tudo feito de forma totalmente pré-planejada para obscuros propósitos!


Neste ponto, queridos leitores, para podermos entender verdadeiramente as nossas “origens cósmicas”, teremos de dar um verdadeiro “salto quântico retroativo”, nos reportando não mais às nossas origens propriamente ditas, mas, sim, à “origem dos Universos”, onde “tudo” começou!


Somente assim iremos entender o propósito de todas as coisas, do nosso mundo, de nossas vidas...


Entretanto, de antemão eu aviso, que esse assunto será bastante complexo e controverso, já que as informações que postarei são totalmente desconectadas da anuência da ciência oficial, isto porque não existem meios de comprová-las matematicamente, mas sim e somente – pela Fé, pela intuição pessoal, bem como pela crença em algumas mensagens (para mim fidedignas) de “irmãos cósmicos” (extraterrestres como nós, porém vivendo em Universos paralelos e/ou interdimensionais).


Mas, esse assunto fica para as próximas postagens, onde tentarei colocar “como tudo começou...”.


Entretanto, deixo aqui pra vocês, uma mensagem extraída de um dos cursos que fiz, para que ela fale por mim:





“Somos irmãos nas mais diversas origens, com um único projeto – a restauração da Luz Planetária na Terra. (...) Esse é o Projeto da Divina Luz. Somos um time, cada um que assuma sua camisa, sua tarefa, e assim ganharemos a guerra.


A Grande Taça da Eterna Aliança que não mais será derramada por nós, mas compartilhada entre nós, e com Todos os Planos da Criação, aguarda ansiosamente o nosso posicionamento.


Estamos em guerra, um exército só ganha a batalha com disciplina e firmeza de propósitos, isso está escrito na Natureza; a organização dos seres evoluídos favorece a sobrevivência da espécie (e Darwin confirmou isso).


O Poder Cósmico conferido por Deus a seus filhos, precisa ser resgatado em seu nome e pela Luz. Este é o nosso Projeto!”


Façamos, pois, cada qual, a nossa parte! Nestes dias que se seguem, somente bons pensamentos, boas ações, boas vibrações!



PAZ EM TODOS OS QUADRANTES!

Alto Paraíso, 03 de Maio de 2009

Hipátia III

38 comentários:

Anônimo disse...

oi...venho lendo há um tempo seu blog...que sentimento vc tem para com Jesus Cristo? e para com o Barbudo, o Pai? Vc posta muitas coisas curiosas, então gostaria de saber seu parecer sincero com relação a estes personagens!
Pondero sobre um monte de coisas que vc escreve... E aí ? Grato pela atenção!
Glauco
g.valerio@gmail.com

Anônimo disse...

bacana!

HIPÁTIA III disse...

Que bom que gostou, Anônimo!
Paz!
Hipátia

Fábio disse...

muito bom, bastante difícil de aceitar a idéia dos reptilianos, mas tem seu sentido, pessoas que parecem répteis existem muitas.

peço entendimento e força todos os dias para fazer o que necessário. obrigado

HIPÁTIA III disse...

É isso aí, Amigo Fábio, não podemos perder a fé!
Como você disse, "pessoas que parecem répteis existem muitas" - são pessoas de "sangue frio", ou seja, sem emoções! Calculistas, interesseiras, que passam por cima de outras sem o mínimo de compaixão, só por interesses próprios! As novelas, ultimamente, tem mostrado muito os chamados "paranóicos", os quais não vejo como doença, mas sim "almas reptilianas" bagunçando a vida dos outros!
Paz!
Hipátia

HIPÁTIA III disse...

Olá, G.Valério!

Tudo que lemos tem de ser ponderado, mesmo, pelo nosso quadro interno de referências, mas jamais pelas influências externas religiosas e/ou culturais. Esse é o meu ponto de vista, buscarmos dentro e não fora de nós, as confirmações...
Quanto ao Mestre Jesus, Ele sempre foi e sempre será o "meu Mestre"! Mesmo porque Ele é o Mestre da Terra até o presente momento, isso por uma opção Sua, através de um grande "amor incondicional". Só que não aceito a versão puramente bíblica, já que não tenho dúvidas que essa foi muito manipulada por interesses particulares e meramente humanos. Posteriormente, vou postar sobre Jesus, quando entrarei em maiores detalhes. Quanto ao "Pai" - Deus - em linhas gerais, minha visão é a da "Energia Una", de onde viemos e para onde iremos, desde que consigamos alcançar os planos de desenvolvimento do "ser em si", necessários para essa meta. Sua "energia" é neutra de julgamentos, pois Ele nos permitiu os próprios auto-julgamentos, auto-punições, auto-avaliações, etc. Portanto, Ele é simplesmente "Amor"!
Paz!
Hipátia

Ruy Tomache disse...

Salve, Hipátia!
Gostaria de obter, se possivel, as postagens desde o inicio (a mais antiga que disponibilizaste foi a 79, correto?).
Agradecido pela consideração.
Ruy Tomache
Em 10 de junho de 2009.

HIPÁTIA III disse...

Olá, Ruy!
Fico feliz pelo seu interesse!
Estou preparando as próximas matérias.
Informo que tudo que escrevi ainda está disponibilizado no blog, desde a primeira matéria.
Faça assim: no índice ao lado direito da tela, clique primeiro em "2008 (130)"; depois em "junho (48)"; "junho 09 (1)" >> sendo esta a "Introdução - Generalidades sobre a proposta do blogger". Daí, é só seguir a sequencia, ok?
Boa leitura e muita Paz!
Hipátia

Ruy Tomache disse...

Obrigado!
Saudações fraternas!
Ruy

HIPÁTIA III disse...

Não tem de que, Rui! Faço a minha parte.
Luz e Paz!
Hipátia

verinha disse...

Ola,tenho enorme prazer em acompanhar suas postagens...são sempre muito esclarecedoras para minha alma, e acredito que para muitas outras almas tbm, mas, tenho observado que estão diminuindo dia apos dia, e fico muito triste porque quando encontramos verdades elas nos são vetadas...mas sabemos que eles não venceram... continue firme...te apoiamos com nosso amor...
esteja sempre na paz!!!

HIPÁTIA III disse...

Olá, Querida Verinha!
Que bom saber que existem pessoas como você, sempre firmes não só em acompanhar este blog, como também no conteúdo e intenção a que ele se propõe.
Mas, fique tranquila que, em breve, voltarei a postar com mais constância, tão logo consiga terminar de resolver alguns problemas pelos quais a vida está me destinando.
Obrigada pelo apoio!
Muita Paz!
Hipátia

Anônimo disse...

Olás...
Com relação ao ano 2012...
No seu intimo o desenrolar das coisas podem mesmo atingir proporções tais como as previstas pelos Maias? ...oi aquilo ainda é um vislumbre do que realmente(?) pode vir ocorrer?
Percebe alguma melhora(?) comportamental na humanidade, tipo acontecimentos recentes, Obama, um timida abertura de Cuba, uma sigela vontade de tornar as coisas claras em termos de Brasil, sabe pequenos acontecimentos localizados ,mas certos e definitivos...?Podemos enquanto humanidade e deliberadamente contornar tal destino(?!)?Outros sinais estão sendo manifestados?


Enfim...
Que será de nós!!!??

G.Valerio

HIPÁTIA III disse...

Olá, Amigo G. Valério!
Boa pergunta - "Que será de nós"?
A única coisa que tenho plena certeza, é de que aqueles que centram seus corações no Bem e no Amor, terão um futuro espiritual benfazejo e muito mais equilibrado e feliz que esse nosso presente turbulento e triste, dadas as tétricas situações em que vivemos e convivemos!
O que percebo nos dias atuais, meu amigo, é que as trevas estão agitadas e a todo o vapor, pois sabem que seu tempo está definido neste nosso Planeta. E o que elas puderem desestabilizar e até envolver, isto pela fraqueza interna das pessoas, elas estão fazendo, com certeza! Quanto mais almas elas conseguirem nestes tempos, mesmo sabendo que não ganharão a batalha, tudo será lucro! E é aí que os seres do Bem e da Luz têm de estar atentos para não cairem em armadilhas e esparrelas! Mesmo porque as trevas são as grandes "enganadoras", mostrando-nos situações e fatos que não são, numa constante ilusão... Daí, a importancia de sempre ponderarmos sobre tudo que nos são apresentados, como vc mesmo citou sobre Obama, Cuba, etc...
Orar e Vigiar, portanto, é a premissa que deve estar mais que nunca, atuante em nós!
Muita Paz
Hipátia

Anônimo disse...

Olás novamente...
Dando prosseguimento a minha arguição é o seguinte:
Li em alguns relatos que este nosso planetinha Azul(!) realmente é unico e curioso...Aqui, dando respaldo naquilo que vc postou em seu blog anteriormente, é um planeta DEDICADO A EXPERIMENTOS em varios niveis de comportamentos e avanços ou retrocessos, mas enfim, é pra errar por assim dizer e , obviamente aprender com o erro e EVOLUIR...
Então mesmo com outros embasamentos aquilo que vc posta de alguma forma vai ao encontro daquilo que desde 1998 me foi apresentado de forma muito curiosae que desde então tem me proporcionado entendimento, compreensão e perspectivas diferentes e às vezes não muito comuns em relação a fatos e acontecimentos que nos rodeiam...Digamos que 'algo','alguém' ou seja lá o que for tem se manifestado(?) e às vezes é possivel de se sintonizar nesta frequencia e alcançar um breve mas encorajador sentido pra muitas coisas que nos 'perturbam enquanto filhos de DEUS' em nome de Jesus...E esta figura(!) se revelou muito mais do que até então temos como sneso comum:ELE é o CARA, uasndo de uma terminologia bem recente...Mas isso pode ser colocado em outro momento!
Inte !

G.Valerio
g.valerio@gmail.com

obs.: ainda gostaria que vc manifestasse seu entendimento sobre o desenrolar da que os Maias vislumbraram para 2012, ok!

Luiz Carlos disse...

Olá Hipatia, não sei bem como cheguei ao seu blog, há uma semana e li inteiro neste período. Muita coisa para digirir e espero ter a intuição correta, apesar de pessoalmente concordar com quase tudo. Sempre gostei de filmes de ficção, pois são para mim bastante reais. Com relação ao apocalipse e os problemas que o planeta sofrerá é duro mas encontrei até em um livro espírita, Chamado a Escada de Jacó, um comentário onde o espírito dizia não acreditar, pessoalmente num apocalipse, mas que o Planeta sofreria sérios reveses.Outra coisa que eu fico em dúvida, se somos espíritos e a seleção seria por vibrações/afinidades, porque tanta preocupação em fugir para lugares seguros??? Poderia dar uma luz?
Tudo de bom pra voçê

HIPÁTIA III disse...

Nossa, Luiz Carlos, conseguiu ler tudo em uma semana somente? Record total! Rsss...
Então, grande parte dos filmes de ficção, se não todos, principalmente os que se referem a situações apocalípticas e ufológicas, tem muito a ver, sim, com predições e verdades não ditas... Armstrong foi um que determinou uma data – 1997/98 (se não me falha a memória!) – para que os governantes americanos dissessem a verdade sobre a vida extraterrestre, verdade esta constatada pelos astronautas, pois, caso contrário, ele mesmo iria abrir para a humanidade. Foi então que iniciaram com filmes como Independence Day (que tem muito de verdadeiro ali, inclusive a Área 51) e tantos outros, trazendo-nos uma série de “sinais” para o despertamento da humanidade. Mas, como só vê aquele que tiver olhos para isso, muita gente continua assistindo tais filmes como meras ficções, até mesmo achando serem fatos impossíveis de acontecerem...
Quanto ao verdadeiro apocalipse, você deve lembrar quando eu falei numa das partes sobre o Cinturão de Fótons, que ele se dará somente mil anos após a passagem total da Terra dentro do Cinturão. Agora, estamos tendo apenas uma prévia... rsss... Na minha opinião nada vai acabar, porém grandes transformações físicas e espirituais já se encontram em grande processo! Portanto, nada é e muito menos será fácil! E o pior ainda está por vir... Entretanto, não podemos nos focar no lado ruim das coisas, mas sim no bom, pois tudo acontece para que a Terra viva seus anos de ouro – jamais devemos nos esquecer disso! Mesmo porque nossa verdadeira realidade é espiritual e não física!
Quanto aos lugares seguros, eu vejo da seguinte forma: quem tiver de perder seus corpos físicos, vai perder, mesmo porque isso faz parte de um processo natural dentro do atual projeto Terra. Aliás, até hoje não vi ninguém ficar para semente... rsss... Entretanto, como no caso de Noé, se este e outros mais não tivessem sido avisados e não tivessem acreditado em tais avisos, buscando lugares seguros que foram figurados comumente como a “arca de Noé” – hoje fala-se em “bases de preservação” – talvez nada ou bem menos tivesse restado das outras civilizações outroras existentes na Terra. Mas, tenha a certeza de uma coisa, quem tiver de perder seu corpo físico, mesmo numa dessas “bases de preservação”, vai perder mesmo! Principalmente se for para estes lugares com simplesmente o intuito de se “salvar” – isso não vai existir, pois não é esse comportamento que os Mestres esperam de nós! Pois o enfoque da “salvação” não está no físico, mas sim no espiritual!
Muita Paz!
Hipátia

HIPÁTIA III disse...

Na verdade, G. Valério, tudo que nos acontece, tudo pelo qual passamos nesta Terra, tem um único objetivo, a “evolução do ser”. Daí, nosso planeta ser experiencial, laboratorial mesmo, no sentido de nos dar “oportunidades de crescimento espiritual” para o nosso “retorno à Casa do Pai”.
Quanto ao Mestre Jesus, Ele é o “Cara”, sim! Não pela forma em que é colocado por religiões, mas de um ponto muito mais além, muito mais profundo, muito mais coerente com os desígnios de Deus! Pois Ele é o “Cara” que realmente preocupou-se com este povo que, numa miscelânia de raças terrestres e extraterrestres, passava por uma condição difícil até mesmo para sua evolução. Ele é o “Cara”, portanto, que nos adotou como “seus filhos” e à Terra como sua “Casa temporária”! Por isso, temos de manter esses “Cara” em nossos corações!
Quanto aos Maias, embora não veja “previsões” deles para depois de 2012, mas sim a previsão de um final de ciclo em 2012, seus calendários e inscrições trazem manifestações astrológicas e mudanças significativas até esta data, mas nada que caracterize o “fim do mundo” ao meu ver. Afinal, mudanças não caracterizam o fim, mas simplesmente mudanças... Mas, como toda mudança radical pode trazer sofrimentos, principalmente àqueles que muito apego possuem, pressinto muito sofrimento sobre a Terra.
Em minhas leituras, tenho percebido muitas interpretações até mesmo complementares sobre a visão maia. Eu, particularmente, sinto assim: o assunto é amplo, é longo... Eles, através de sua sabedoria, deixaram prescrito até uma parte, que condizia com o final deste ciclo, ou seja, o final deste “projeto Terra”. A continuidade está em nós - construirmos, elaborarmos, editarmos...
Muita Paz!
Hipátia

Luiz Carlos disse...

Boa Tarde Hipatia...agradeço sua resposta e as informações adicionadas. Apenas para dar uma explicação do porque eu li em uma semana o blog todo, é que sou aposentado e tenho tempo, e realmente fiquei direito no computador. Infelizmente não sou tão inteligente a ponto de poder dizer que entendi tudo, mas creia que pela seriedade da abordagem e dicas sobre sites adicionais para pesquisa, temos muito alimento para digirir e tentar evoluir um pouco, não como erudição mas como espiritos eternos e atrasados, protagonistas de uma vida real bastante confusa. Obrigado e muita sabedoria, amor e luz para voce.

HIPÁTIA III disse...

Então, Luiz Carlos, espíritos como os nossos, em processo de despertamento, não considero mais como "atrasados", mas sim em pleno "desenvolvimento", se é que me faço entender. Pois não nascemos em corpos físicos apenas para resgatar karmas e adicionar dharmas, mas muito mais que isso - temos por obrigação despertar nossas consciências para que nosso "ser" saia da "roda corpórea" (física)e adentre a um nível superior, mais sutilizado, no caminho de volta à integração da "Energia Una".
Essa é a parte que falta neste blog e que, infelizmente, ainda não tive como preparar tais matérias, por estar passando por momentos difíceis em minha vida física, porém nada inaceitável dentro de minha consciência atual do meu "ser". Mas, espero que, em breve, possa retomar o blog como fazia antes, o que aproveito para pedir perdão e compreensão a todos os leitores por esse atraso circunstancial.
Muita Paz!
Hipátia

Anônimo disse...

Olá Hipatia ...
Deixe-me perguntar algo...
Considerando-se o fato de estarmos aqui na Terra pra vivenciar a experiencia no 'tempo-espaço' e toda a sorte de outras situações p´ra almeijarmos o intento espiritual , te parece 'estranho' o fato de que de alguma forma somos 'enviados' , com personalidade espiritual 'definida' perante o Pai, mas como missão exercer uma experiencia neste mundo peculiar , adotando-se um 'acordo' com os colaboradores divinos e espirituais de 'deliberadamente 'esquecer' esta condição espiritual e à medida que vivenciarmnos a experiencia terrena e toda a gama de convivencias com os 'irmãos' e familiarização com conceitos morais , eticos e espirituais advindos da vida nesta condição particular de cada ser humano(?) lembrar (?) e escolher trilhar (ou não) esta perspectiva de vida terrena, mas com objetivo espiritual?
Fiz-me compreender?
O tipo de vida que levamos, o lugar onde habitamos, a forma de visão de mundo vivenciada por cada um de nós pode ter uma 'origem' anterior e pactuada nos dominios celestiais e, com isso corresponder a vontade do Pai e uma forma de contribuir para evolução da criação divina ?
Vide exemplo de Jesus que paulatinamente foi se entregando à realização do plano divino e por fim se manifestou majestosamente em esplendor que ultrapassa toda nossa compreensao finita do poder divino e desfila sua personalidade por todo nosso universo(?) conhecido e descoberto...

No aguardo de sua consideração,
G.Valerio
g.valerio@gmail.com

Anônimo disse...

Olá Hipatia,

Vou ler seu blog com atenção visando entender sua linha de pensamento.
Obrigado!

chicopenteado@hotmail.com

Lady LePork disse...

Olá Hipatia,

Continuo lendo seu blog,mas pessoalmente eu tendo mais á concordar com as idéias do Prof.Laércio Fonseca ,que eram as minhas antes mesmo que eu o conhecesse.

Para mim,greys, reptilianos, nórdicos, etc,todas as espécies que atuam na Terra tem igual permissão do conselho para fazê-lo,e todas estão consorciadas entre si.Os greys, por exemplo, por serem mais resistentes, fazem o trabalho de chipagem e abdução e assim abrem o caminho para a relação com outras espécies que não podem vir ao solo terrestre tão facilmente.

Os illuminati para mim são uma instituição reacionária essencialmente humana que pretende manter o status quo das coisas.E eles podem se associar á extraterrestres de qualquer origem que negocie com eles,porque nesse ponto eu discordo do prof.Laercio, pois creio que há sim extraterrestres mal-intencionados e piratas(mas de qualquer espécie,não de um planeta especifico).

Não creio que os reptilianos tenham real interesse em conquistar a terra e os humanos para escravizá-los.Acho que eles nutrem o mais puro desprezo pela miserável condição humana e preferem seguir indiferentes á maioria dos humanos, cuidando apenas dos seus protegés que aqui vivem.O que eu quero dizer com isso é que muitos criminosos reptilianos recebem a pior sentença de morte possivel ,que é um ciclo de rencarnações no planeta Shan,a miséria das misérias,para purificar-se e rever,aprendendo com seus erros,na condição humana temporária de alguns séculos.Ao final de seu periodo de pena, eles são recontatados para reunificar-se ao mundo de origem.Isso é feito por várias outras espécies, que usam a terra como prisão e manicômio.

Assim, eu discordo do que está colocado aqui, mas aprecio e respeito muito a discussão deste assunto.Obrigado!
Chico Penteado SP

HIPÁTIA III disse...

Olá, Chico, prazer em falar com você!
Existem várias correntes de contatos extraterrestres/intraterrenos, e para se discutir é como se discutíssemos religião... rsss... Cada qual tem seu modo de encarar as coisas, tem sua decodificação dos fatos, e todos devem ser respeitados... Eu, particularmente, analiso esses povos habitantes da Terra atualmente, incluindo nós, a partir de suas origens, de como chegaram aqui, o porque vieram, etc. Sendo assim, não nego que muitos reptilianos, grays e até nórdicos, não possam já estar confederados. Mas, em sua maioria, vejo-os “acordados” entre si, com intenções outras bastante adversas aos interesses dos terráqueos, especialmente daqueles ligados aos Comandos Planetários da Luz. Neste particular, não podemos nos esquecer que vivemos num mundo dual, onde as forças se debatem entre si, até em virtude do momento cíclico em que vivemos...
Sendo assim, respeito seu ponto de vista ao enfocar simplesmente a Terra como Planeta expiação, mas a história reptiliana e de outros povos que aqui se encontram (exceto alguns poucos, como por exemplo os capelinos), não iniciou com processos expiatórios, muito pelo contrário... Se você estudar a fundo a Bíblia Sagrada (apesar de sua manipulação intencional), cruzando-a com estudos sérios, como por exemplo de Zecharia Stichin, chegará à conclusões bastante diferentes, pode ter certeza disso! Como diz o ditado, “o buraco é mais embaixo”, meu amigo! Rsss...
E uma coisa que não tenho dúvidas, mas este é o meu ponto de vista, muitos grandes “Illuminatis” são almas de reptilianos encarnadas em corpos físicos humanos, não se esquecendo que os povos reptilianos são grandes “engenheiros genéticos siderais” – e isto você encontra na Bíblia!
Só mais uma coisa, eu também, há tempos atrás, pensava como você, vendo a Terra simplesmente como um Planeta somente expiatório... Mas, no rolar de minhas pesquisas, cheguei à conclusão outra, bastante diferenciada da anterior... Bom seria que fosse somente isso!
Muita Paz!
Hipátia

HIPÁTIA III disse...

Oi, Chico, fiquei contente que tenha entrado em contato.
Mas, veja, procure ler o blog, porém se embasando no teu "quadro interno de referência". Isso vale muito mais do que dados externos, pode acreditar.
Paz!
Hipátia

Anônimo disse...

Olá Hipatia,

Obrigado pela atenção e prontidão em responder.

Sabe, na verdade, eu já fui abduzido pelo menos duas vezes por greys e gostei!Foi aterrorizante na hora, mas o que eu venho aprendendo e evoluindo por este meio é algo fenomenal.Eu não me reconheceria na pessoa absolutamente imbecil que eu era alguns anos atrás.Assim como o gato não gosta de ir ao veterinário, o ser humano não quer ser abduzido porque não entende o como ou o porquê daquilo.Mas olhando para trás, sou grato á essa experiencia e quero mais, muito mais!

Admiro voce que é uma pessoa que dialoga com aqueles que pensam diferente de voce mesma,coisa rara neste mundo.Meu profundo respeito.

Obrigado.

Anônimo disse...

Acredito que a maioria das pessoas no Brasil é Cristã.Por esse motivo, suas mentes constroem a realidade numa dualidade Bem vs. Mal,coisa antiquissima no ocidente, oriunda mesmo do Zoroastrismo persa,muito antes do Cristianismo e do Judaismo assim postularem.
Porisso,pessoas com essa estrutura mental Judaico-Cristã tendem á depositar o mal em algum lugar, provavelmente em algo que nos pareça feio como os greys e os reptilianos, transferindo as caracteristicas malignas dos antigos demonios á estes seres extraterrestres "feios".
Como eu não sou Cristão,eu não aceito essa dualidade em dois lados opostos e distintos.Não acredito que haja seres intrinsecamente benignos e outros intrinsecamente malignos brigando por este planeta e seus habitantes.E mesmo se houvesse,eles poderiam ter agido com muito mais facilidade na idade média quando o homem era mais frágil.Não haveria porque de se permitir uma civilização tecnológica se desenvolver para depois escravizá-la mental ou espiritualmente.Penso assim.
Para mim, os illuminatis nada mais são do que uma ultradireita evangélica americana associada aos industrialistas daquele país visando controlar correntes de pensamento divergentes das verdades deles,uma espécie de nazismo Protestante muito inescrupuloso e reacionário.E essencialmente humano, porque o ser humano inferior não sabe tolerar o diferente.

HIPÁTIA III disse...

Seu ponto de vista é bem interessante, “Anônimo” e deve ser respeitado, mesmo porque é o “seu” ponto de vista. Entretanto, o meu diverge bastante do seu, por exemplo, quando voce diz que é a tendência judaica-cristã que leva ao enfoque dualista. Em todas as histórias civilizatórias da Terra, portanto mesmo antes da estrutura judaico-cristã se implantar aqui, o dualismo já existia, isto porque a Terra é um Planeta Laboratório, dirigida por “n” projetos, de acordo com os seus ciclos de existência.
Uma outra questão em que discordo literalmente de você, é sobre a transferência do mal ao que é feio. Ora, meu amigo, se todos gostassem das “Marias”, o que seria das “Beneditas”? rsss... Aliás, já diz o ditado: “quem ama o feio, bonito lhe parece”... Existem pessoas horrorosas fisicamente e que são verdadeiros anjos de bondade e candura! Portanto, acho que você não se expressou muito adequadamente neste particular, me desculpe a sinceridade.
Mas, numa coisa eu concordo com você, quando diz que não existem “seres intrinsecamente benignos e outros intrinsecamente malignos”, pois cada qual tem sua história... Por exemplo, se um ladrão entra na sua casa e mata para roubar, para você ele será o mal, mas na história dele o enfoque é outro, os valores são outros, suas verdades podem até ser convincentes para muitos iguais a você, a mim... Mas, para você especificamente, para a sua egrégora parental e de amizades, ele sempre será o mal... É assim que vejo a dualidade existente entre os povos que habitam a Terra, ou que aqui se chegam... Uns são “afins” e outros não.
Paz!
Hipátia

HIPÁTIA III disse...

Olá, Anônimo!
Como vê, cada um é cada um... Sou psicóloga e já tive clientes com problemas intensos devido a abduções... Mas, tudo na vida é experiência, da qual temos tirar dela o melhor... É o que você fez, parabéns!
Quanto ao diálogo com cabeças que pensam diferentes, Meu Deus, isso é muito bom, pois nos dá possibilidades e possibilidades... de reavaliações de nossos conceitos, ou de certezas daquilo em que acreditamos... Não é maravilhoso? Rsss...
Paz!
Hipátia

Anônimo disse...

oi Hipátia, bem diferente esse nome, rsrsrs, olha eu tenho lido seu blog já a algum tempo, e tenho tentado assimilar tantas informações, como os peliades... li o livro a cidade dos sete planetas, entre outras coisas que encontrei na internet sobre nossa origem e futuro.... tudo ainda está muito obscuro, não tenho ainda uma opinião formada sobre o assunto, estou meio perdida, pois como vc mesma já citou, somos criados com dogmas e crenças que não permitem que tenhamos "ideias diferenciadas" da criação, mas queria saber mais sobre essa luta que trava-se constantemente, a qual não vemos (que cita a Bíblia) sobre o bem (Deus) e o mal (diabo), vc tem alguma coisa sobre isso?
obrigada!
Maringá-Pr.

HIPÁTIA III disse...

Olá, G. Valério.
Desculpe-me a demora para responder, mas é que estou com minha caixa de e-mail lotada por falta de tempo...
Se entendi sua pergunta, a resposta, de acordo com o que acredito, é: assim como podemos nascer em egrégoras totalmente diferenciadas, podemos optar de voltarmos na mesma egrégora, geralmente com participações diferenciadas. Os objetivos das escolhas podem ser como resgates karmicos, como também dharmicos, de auxílio a um ou mais seres da egrégora. Mas, nossas escolhas são sempre com o intuito de evolução do ser. Nosso esquecimento se dá por uma situação coletiva que se deu no nosso passado e que destruiu o elo de ligação de nossas lembranças, situação esta que temos de resgatar, cada qual em sua evolução. Entretanto, existem muitos casos de lembranças de outras vidas, o que acontece quando o tempo de desencarne é curto.
Nosso Mestre Jesus já está num estágio de evolução do ser, que ele tem condições de lembrar, mesmo que encarnado, de suas vidas passadas e do compromisso que tem no presente e para a frente. E este é o caminho de todos nós, desde que cumpramos os passos de nossa evolução, em cada encarnação.
Muita Paz!
Hipátia

HIPÁTIA III disse...

Olá, Anônimo de Maringá!
O nome Hipátia foi-me dado pelo Presidente Mundial do Neo-Pitagorismo. Pesquise a vida de Hipátia na net, é bem interessante... rsss...
Então, as verdades sobre nossa “criação”, sobre nossas origens, são tão rebuscadas de camuflagens e falseamentos, com fins mesmo de não entendermos e não conhecermos a realidade, isso por interesses escusos de dominação, que quando começamos a adentrar mais profundamente neste assunto, a tendência é se perder, e até mesmo duvidar de verdades que são ditas, já que elas se tornam absurdas frente ao nosso condicionamento, o que, na maioria das vezes nos faz acreditar nas falsidades que nos são repassadas, até porque é mais cômodo para muitos.
A Terra é um Planeta Laboratório, e assim colo ela, existem outros planetas que vivem num mundo dual. Mas, cada projeto tem seu objetivo. Na Terra, para se entender seu objetivo, necessário se faz um estudo de seu início, de como tudo começou. E é justamente essa matéria, que aliás é bem extensa, que estou devendo para vocês, pois estou sem tempo em virtude de questões pessoais, as quais não posso adiar. O muito que estou podendo fazer, é responder aos comentários, para que o blog não paralise e nem perca sua clientela. Mas, em breve, espero em Deus, poderei voltar a escrever as próximas matérias, as quais vão me tomar bastante tempo, por serem muito complexas.
Aí, então, vocês vão entender, aceitando ou não a versão que aqui darei, de quem é o Deus real, quem é o falso, e até de quem é o diabo – assim comumente chamado - e suas falanges... Só peço a compreensão dos leitores pela demora, mas estou encarnada e como tal tenho meus problemas para resolver, como responsabilidade prioritária e inadiável, pois a vida é curta... rsss...
Muita Paz
Hipátia

Anônimo disse...

Olá Hipatia,

O que eu quis dizer quando "as pessoas associam ser feio á ser maligno",refiro-me especificamente aos ets greys e reptilianos.Parece que a conclusão de que os reptilianos são malignos,no meu entender, se baseia em associações puramente terrestres entre "réptil",e"draco,dragão",ou á algo repulsivo,como a sepente do Èden,o dragão de São Jorge, coisas tipicas da nossa civiização.Na verdade o ser humano não sabe de fato quem é quem, mas se entrega facilmente á essa espécie de conclusão que lhe parece verossímil.A maioria das pessoas gosta de gatinhos e cahorrinhos, mas não adotaria um lagarto de estimação ou algo assim.È isso que eu quis dizer.

Chico Penteado(uso anonimo porque não consigo alterar minha identidade google...)
Paz e Prosperidade!

marcia disse...

estava lendo um estudo do povo que vive dentro da Terra, e não consegui saber se eles vão ajudar ou dominar, vc sabe?

Marcia disse...

achei muito legal seu blogger, sua escrita é leve e de fácil entendimento, devemos mesmo começar a expandir nossos conhecimentos para aqueles que estão despertando, tenho um amigo que esta estudando os escritos sumérios para rodar na internet, canal maravilhoso, o qual abre caminhos, aqui falta apenas mensagens de fé e amor que nos oriente nesse jogo de doido, bjks mil

Marcia

HIPÁTIA III disse...

Bom te-la conosco, Marcia!
Quanto às mensagens de fé, estou sempre colocando que viemos sós e voltamos sós, ou seja, nosso caminho é individual em termos de desenvolvimento do nosso ser espiritual. E para isso, temos que nos voltar ao nosso Cristo Interno e seguir as orietações de nosso Eu Superior. Mas, isso só acontece quando conseguimos conquistar a etapa da "entrega", num processo de desapego das coisas materiais, bem como na crença indiscutível de que somos seres cósmicos e eternos.
Muita Paz!
Hipátia

HIPÁTIA III disse...

Não sei sobre qual povo intraterreno você estava lendo, Marcia.
Existem raças que se encontram em bolsões e que visam o domínio, como também iluminados que visam a ajuda aos povos da superfície.
Paz!
Hipátia

HIPÁTIA III disse...

Oi, Chico!
Nem tudo que parece, é! Como já disse, existem pessoas horrorosas fisicamente e são lindas interiormente.
Mas, pelo que sei, uma grande parte dos reptilianos não são nenhuma "gracinha" não!
Paz
Hipátia